1. Blog
  2. Ajuda para currículos
  3. 40 hobbies e interesses pessoais para incluir em seu currículo
Escrito por Paul DruryPaul Drury

40 hobbies e interesses pessoais para incluir em seu currículo

9 min. de leitura
40 hobbies e interesses pessoais para incluir em seu currículo
Arte de:Sasha Serdyukova
Há muito tempo existiu uma regra que profissionais experientes não deveriam colocar hobbies e interesses pessoais em seus currículos. Mas, isso mudou! À medida que os limites entre trabalho e vida se alteram, os recrutadores estão cada vez mais interessados nos aspectos mais amplos da personalidade de um candidato.

Quando você deve incluir hobbies e interesses pessoais no currículo? 

Existem várias carreiras em que as habilidades necessárias para a execução das funções do cargo, podem ser desenvolvidas fora do ambiente de trabalho.  

Por isso, vale a pena adicionar em seu currículo informações sobre você que ajudem a aumentar o seu valor aos olhos do recrutador. 

Isso inclui falar sobre hobbies e interesses pessoais, afinal, futuros empregadores sabem que esses aspectos interferem na personalidade, no rendimento e na forma de trabalho dos colaboradores que já atuam na empresa. 

Logo, esse tipo de atividade também pode dizer muito sobre os candidatos a uma vaga.

Contudo, atenção! Afinal, hobbies e interesses pessoais não devem receber o maior destaque em seu currículo, por mais interessantes que sejam. 

Uma linha simples na parte inferior do documento ou após a seção de habilidades técnicas já é o suficiente.

Dica do especialista

Como posso apresentar meus hobbies? 

Atenha-se à regra de uma linha. Para profissionais com experiência, em nível de carreira pleno ou sênior, seus hobbies e interesses pessoais, geralmente, adicionam uma informação extra à sua candidatura, mas não devem ocupar mais de 1 ou 2 linhas, porque, caso contrário, parecerá que a sua experiência profissional é reduzida. Frases completas também não são necessárias. Prefira descrições breves como: Natação – recorde sub-18 dos 1.000m costas. Compositor - vocalista de uma banda de rock.

40 exemplos de hobbies e interesses pessoais para incluir o seu currículo

Prática de esportes 

Há muitas habilidades relacionadas ao trabalho que podem ser desenvolvidas com a ajuda da prática de esportes. 

Não importa se você faz um esporte em equipe ou individual, fato é que a determinação, a concentração e a resiliência aprendidas nesse tipo de atividade serão úteis em muitas situações profissionais.

Aprender com suas perdas também é uma grande lição que o esporte tem a oferecer. 

Além disso, todos os esportistas entendem a ligação entre trabalho duro e a capacidade de alcançar bons resultados.

Atividades ao ar livre 

Aventuras ao ar livre te deixam em situações em que você fica exposto a tudo o que a natureza coloca em seu caminho. 

Nesse cenário, você precisa pensar por conta própria, encontrar soluções criativas para problemas inesperados, aprender a assumir riscos controlados e definir seus próprios objetivos e estratégias.

Habilidades musicais 

Manter acesa a sua criatividade como músico requer disciplina e dedicação. 

Da mesma maneira, tentar aprender a cantar ou tocar algum instrumento também exige repetição e treino, o que demonstra sua capacidade de foco e determinação em aprender uma nova habilidade.

Dica do especialista

Qual é a diferença entre um hobby e um interesse pessoal? Um hobby é algo que você faz regularmente com a finalidade de se divertir. Já um interesse pessoal é menos regular, geralmente, uma habilidade que você ainda está tentando dominar. Nesse artigo, vamos falar dos dois em conjunto e sem distinção. Contudo, em seu currículo ou em uma entrevista, não chame algo de hobby se você tiver feito apenas algumas vezes. Nesses casos, prefira usar o termo interesse.

Trabalho voluntário 

Existem muitas formas de realizar um trabalho voluntário, e todas elas dizem muito sobre você. 

Escolher fazer algo pelos outros sem nenhum ganho financeiro é louvável e indica a sua vontade genuína de dedicar tempo e atenção aos outros. Isso é incrível dentro de um local de trabalho.

Algumas opções de trabalho voluntário incluem:

  • Caridade/arrecadação de fundos. nesses casos você contribui financeiramente com uma instituição que apoia alguma causa importante para você e isso vai dizer muito sobre suas prioridades e preocupações.
  • Apoio na organização de eventos comunitários. Colocar-se à disposição para ajudar os outros é uma característica valiosa que será muito valorizada em um escritório.
  • Trabalho ambiental. Preocupar-se com o meio ambiente pode significar que você se atenta em fazer as pequenas coisas que os outros consideram sem importância, pensando sempre no bem maior.
  • Coaching ou mentoria. Você gosta de compartilhar conhecimento com seus amigos ou familiares fora do ambiente de trabalho? Se isso for uma característica sua, mencione em seu modelo de currículo.

Atividades artísticas 

Muitas atividades artísticas são realizadas individualmente, da mesma maneira, alguns dos momentos mais difíceis no trabalho também acontecem quando você está sozinho, tarde da noite, em frente a um computador, tentando resolver um problema difícil ou tomar uma decisão importante.

Encontrar uma direção quando você não tem certeza do que fazer a seguir, faz parte da essência de qualquer processo artístico, e do trabalho diário em uma organização. 

Escrever

Qualquer hobby ou interesse pessoal que envolva habilidades de comunicação será útil para a maioria das empresas.

A capacidade de alcançar outras pessoas com a escolha certa de palavras é um dom incrivelmente útil, portanto, alguém que escreve por prazer em seu tempo livre provavelmente terá facilidade em se comunicar com os demais. 

Tecnologia 

Com o constante avanço da tecnologia, o conhecimento sobre códigos e as dezenas de possibilidades da Inteligência Artificial estão impulsionando a transformação digital em muitos setores. 

Funcionários com interesses nessas áreas têm maior probabilidade de identificar oportunidades para o aproveitamento das novas tecnologias no local de trabalho. 

Isso sem falar na possibilidade deles influenciarem e despertarem esse tipo de curiosidade nas pessoas que estão ao redor.

Atividades virtuais 

Manter um site ou blog atualizado ou criar uma forte presença nas redes sociais são habilidades que chamam a atenção dos gestores da maioria das empresas modernas. E, embora esses funcionários nem sempre trabalhem no setor de marketing, eles podem se tornar promotores da empresa e ajudarem nos resultados da marca dentro desses canais. Além de oferecerem feedback valioso, compartilhando novas ideias e abordagens criativas.

Atuação 

A capacidade de cativar uma multidão com uma boa oratória ou influenciá-la com uma atuação convincente não é apenas para o teatro. 

Afinal, pessoas que gostam de fazer apresentações ou realizar performances artísticas,  provavelmente dominam técnicas que também podem ser úteis no escritório e durante reuniões.

Viagens 

O desejo de ampliar horizontes, vivenciar diferentes culturas e aprender novos idiomas é sinal de uma mente curiosa. 

A vontade de se aventurar no desconhecido e descobrir algo novo é a característica de quem vai levar a equipe a novos patamares. 

Fato é que a experiência internacional é cada vez mais valorizada em nosso mundo globalizado e multicultural. 

Por isso, nesse aspecto, dois pontos são especialmente relevantes:

  1. A experiência internacional e a consciência cultural que acompanham as viagens não podem ser subestimadas em um local de trabalho multicultural;
  2. O interesse em aprender diferentes idiomas demonstra boa memória, vontade de expandir conhecimento, além de uma ótima capacidade de organizar seu pensamento e construir uma comunicação consolidada.

Hobbies caseiros 

Se você curte exercitar a mente com um jogo de xadrez, experimentar temperos e sabores na cozinha ou desenvolver suas habilidades de bricolagem em um projeto de “faça você mesmo” para a sua casa, saiba que até os seus hobbies mais simples podem oferecer ao recrutador informações relevantes sobre a sua personalidade. 

Por isso, mesmo que a sua atividade favorita não pareça estar entre as mais emocionantes, não tenha vergonha de apresentá-la em uma entrevista ou mesmo em seu currículo.

Dica do especialista

Quais são os interesses e hobbies sobre os quais você deve evitar falar?

  • Qualquer coisa ilegal ou perigosa: assim você impede que surjam opiniões controversas sobre as suas escolhas;
  • Qualquer coisa relacionada a religião ou política: não arrisque se posicionar em assuntos que podem estimular a polarização;
  • Interesses vagos ou incomuns que requerem uma explicação detalhada;
  • Evite uma longa lista de interesses pessoais ou hobbies, inclua apenas alguns e mostre que os conhece profundamente;
  • Não exagere ao falar sobre o seu nível de domínio em relação a alguma atividade, afinal, você não sabe quais são os interesses do recrutador e pode acabar se colocando em maus lençóis.

O que achou desse conteúdo sobre Hobbies e interesses pessoais no currículo? Caso queira monta o seu, confira nossa página de exemplos de currículos e veja o melhor para sua profissão

 

Crie seu currículo em 15 minutos
Crie seu currículo em 15 minutos
Use modelos de currículo profissionais testados em campo que sigam exatamente as “regras de currículo” que os empregadores procuram.
Criar meu currículo
Crie seu currículo em 15 minutos
Crie seu currículo em 15 minutos
Use modelos de currículo profissionais testados em campo que sigam exatamente as “regras de currículo” que os empregadores procuram.
Criar meu currículo
Compartilhar este artigo
Continuar lendo
Ajuda para currículos17 min. de leitura
Formato de currículo funcional: Exemplos, dicas e modelos gratuitos
Formato de currículo funcional: exemplos, dicas e modelos gratuitos
Entrevista de emprego15 min. de leitura
Carta de agradecimento à empresa pela oportunidade [exemplo]
Carta de agradecimento à empresa pela oportunidade [exemplo]
Carta de apresentação18 min. de leitura
Como escrever uma carta de apresentação sem experiência
Como escrever uma carta de apresentação sem experiência
Carta de apresentação15 min. de leitura
Como encerrar uma carta de apresentação (melhores exemplos de parágrafo de fechamento)
Como encerrar uma carta de apresentação (melhores exemplos de parágrafo de fechamento)
Navegar por tudo
Este site usa cookies para melhorar a experiência do usuário e realizar análises e marketing. Ao usar nosso site, você concorda com todos os cookies de acordo com nossa Política de cookies e Política de Privacidade.
Aceitar cookies