1. Blog
  2. Ajuda para currículos
  3. Como revisar seu currículo: 12 dicas
Escrito por Karl KahlerKarl Kahler

Como revisar seu currículo: 12 dicas

13 min. de leitura
Como revisar seu currículo
Revisar seu currículo é uma etapa essencial para garantir que ele não contenha erros. Com estas 12 dicas, você deixará seu currículo livre de falhas para impressionar os recrutadores.

E aí! Já preparou seu currículo para tentar aquela vaga de contador? É bem possível que você tenha subestimado a importância de revisá-lo. 

E fazer uma revisão cuidadosa no currículo antes de enviá-lo ao empregador é absolutamente essencial. Erros de digitação, ortográficos, gramaticais ou de pontuação podem diminuir suas chances de conseguir seu próximo emprego. 

Um currículo geralmente deve ter apenas uma página — então, quantos erros você acha que o gerente de contratação vai tolerar em tão pouco espaço? Um já é demais!

Por que você deve revisar seu currículo?

Na pressa de enviar a candidatura, talvez você fique tentado a somente dar uma batida de olho rápida no currículo. No entanto, dada a quantidade de raciocínio e esforço investidos até este ponto, por que motivo você deixaria de ser extremamente cauteloso na verificação de erros?

Um erro no currículo acompanhará você durante todo o processo de contratação. Várias pessoas com influência na decisão de contratação terão de lê-lo. E se uma delas fizer questão de uma gramática impecavelmente correta? Basta apenas uma pessoa para formar uma impressão desfavorável por conta de um erro, e você ficará com uma marca negativa que poderia ter evitado. 

Por que é importante revisar o currículo antes de enviá-lo? Este vídeo deve responder a tal pergunta.

Examine no capítulo abaixo as várias maneiras de revisar um currículo e empregue nessa tarefa vital todo o tempo que for necessário. Você certamente encontrará um erro ou dois se o fizer. Afinal, não é melhor prevenir do que remediar?

Dica do especialista

Revise o currículo junto com a carta de apresentação. Embora você possa ter empregado um redator para elaborar o currículo, certifique-se de usar uma linguagem semelhante na carta de apresentação. Se o currículo e a carta de apresentação forem diferentes, o alarme soará para o gerente de contratação. Revise e otimize ambos ao mesmo tempo.

Como revisar um currículo?

Aqui estão nossas 12 principais dicas para revisar seu currículo, a fim de não deixar passar nada importante. (E, enfatizamos, TUDO é importante).

1. Releia bem devagar, palavra por palavra e linha por linha.

A revisão do currículo, obviamente, começa pela releitura, mas é preciso fazê-la va-ga-ro-sa-men-te. Normalmente, quando lemos, nossos olhos absorvem grandes trechos de texto de uma só vez. Você precisa desacelerar o processo e olhar cada palavra uma por uma, assim como cada sinal de pontuação. Nesta fase da revisão, você não examina o contexto, apenas se concentra em uma palavra de cada vez.

Dica: aumentar o zoom na tela do computador pode ajudar. 

2. Use ferramentas como verificação ortográfica.

Usar a verificação ortográfica é muito fácil, e você também pode usar programas que detectam erros e sugerem melhorias na sintaxe. Porém, nenhum deles é infalível: se você escrever “atrapalho” em vez do pretérito “atrapalhou”, a verificação ortográfica nunca vai pegar. 

Dica: evite aceitar rapidamente cada sugestão. Olhe com atenção para ela e decida se a sugestão é boa. A verificação ortográfica não é infalível.

3. Elimine palavras repetidas.

Muitos currículos estão repletos de palavras repetidas que devem ser excluídas. Se você já disse ser um professor “dedicado”, é desnecessário dizer que tem “dedicação” pela educação infantil. Você não precisa usar a palavra “competências” três vezes na seção de competências. Muita gente tende a repetir certas frases inconscientemente. Experimente buscar as principais palavras em seu currículo e poderá se surpreender com a frequência com que elas se repetem.

Dica do especialista

Quanto tempo esperar antes de revisar?

Assim que terminar de escrevre o primeiro rascunho do currículo, vale à pena se desligar e fazer outra coisa. De preferência, por um bom tempo. (Viu o erro neste parágrafo? Se viu, está no caminho certo para ser um ótimo revisor. Se não viu, volte e releia.) 

Dar tempo para o cérebro se restaurar permitirá que ele reflita sobre a atividade do currículo em segundo plano. Daí, quando você voltar ao documento, conseguirá lê-lo com novos olhos. Um ou dois erros provavelmente saltarão da página, e você sentirá vontade de reescrever certas seções. Na hora de redigir sua candidatura, a paciência compensa.

4. Elimine clichês.

Currículos costumam ser um campo minado de clichês, em parte porque muitos de nós olhamos para os currículos de outras pessoas como modelos de como escrever o nosso. Termos como “autodidata”, “trabalho em equipe”, “orientado a resultados” e “pensar fora da caixa” são alguns exemplos triviais, sem falar no tanto de currículos que apresentam “sólidas competências de comunicação”. Ao escrever um currículo, as primeiras palavras que vêm à mente podem ser clichês. Tente usar uma linguagem original, que você nunca leu em nenhum outro currículo.

Dica: use as ferramentas à mão. Até os melhores redatores empregam glossários para encontrar sinônimos interessantes.

Dica do especialista

Inclua somente informações relevantes. Assim, seu currículo nunca ficará comprido.

5. Verifique se há elementos ausentes.

Um guia abrangente (tipo o “Como montar um currículo” do Onlinecurriculo) fornecerá uma boa lista de todos os elementos que seu currículo precisa incluir, desde as informações de contato no cabeçalho até as seções de resumo/perfil, experiência profissional, formação e competências. À medida que revisar cuidadosamente todo o texto que já possui, não se esqueça de verificar novamente se há algo importante faltando.

Dica: desenvolva uma lista de verificação e mantenha-a à mão ao revisar o currículo.

6. Leia seu currículo em voz alta.

Ao ler o modelo de currículo em voz alta, você invoca seu sentido da audição. Essa tática, além de capturar palavras repetidas, também ajuda a conferir o “fluxo”, um elemento que evidencia a boa escrita, no qual uma frase transita logicamente para a próxima, e todo o texto parece estar cuidadosamente composto para atuar em conjunto.

Dica: é por isso que, se você pagar um profissional para escrever o currículo, releia-o e revise-o cuidadosamente para garantir que ele soe autenticamente como você.

Dica do especialista

A quem você pode pedir para revisar seu currículo? Revisar não se resume a olhar ortografia e gramática; também é útil verificar se o currículo “soa” como você. Assim, embora seja útil chamar um aficcionado por palavras, também é importante pedir a alguém que conheça você bem. A desconexão entre a forma como escreveu o currículo e a forma como conta sua história na entrevista pode levar o gerente de contratação a desconfiar da sua autenticidade.

7. Releia o currículo amanhã.

É sempre uma boa ideia refletir um pouco mais e retornar ao currículo no dia seguinte com um olhar renovado. Se você passa horas escrevendo e reescrevendo o currículo numa única sentada, a cabeça começa a ficar cansada e deixa de notar os problemas. Experimente dar uma segunda olhada no dia seguinte e, muitas vezes, perceberá deslizes que passaram batido no dia anterior. Aliás, se você reler o currículo daqui a uma semana, ou sempre que precisar dele no futuro, é provável que identifique outras melhorias a serem feitas.

Dica: sabemos que você está com pressa de mandar o currículo, mas é altamente improvável que os empregadores encerrem o processo de inscrição após um dia.

8. Imprima o currículo e leia-o novamente.

Imprimir o currículo vai colocá-lo em um formato visual novo, que acionará seu cérebro de maneiras sutilmente diferentes. É difícil explicar o porquê, mas você pode ler a mesma linha na tela do computador meia dúzia de vezes e ela parecer boa; mas quando a vir no papel, em preto e branco, poderá identificar algo que passou despercebido. 

Dica: esse método é muito útil, pois o pessoal do RH também poderá imprimir seu material de inscrição e entregá-lo ao seu potencial chefe!

9. Leia seu currículo em outro dispositivo.

Uma tática semelhante é enviar o currículo por e-mail do laptop para o telefone e lê-lo em uma tela diferente. Ou envie-o do PC para o seu iPad e leia-o lá. A simples mudança na aparência do texto em outra tela muitas vezes faz com que o cérebro o veja de maneira diferente. Experimente também alterar o tipo e o tamanho da fonte: com uma mudança súbita, você provavelmente o verá sob nova perspectiva.

Dica do especialista

Pega mal pagar alguém para escrever o currículo?

Ou revisá-lo? Em termos de investimento, chamar um profissional para escrever ou editar o currículo pode ser uma das melhores decisões que você tomará para sua carreira. Redatores de currículo estão na moda, mas depois é preciso alterar um pouco a linguagem deles para que se pareça mais com você. Uma maneira melhor seria você mesmo escrever, o melhor que puder, e contratar um profissional para fazer a edição.

10. Leia o currículo de trás para frente.

Tente ler o currículo na ordem inversa, não necessariamente palavra por palavra, mas leia a última linha primeiro e depois vá subindo até chegar ao início! Forçar a mente a processar o currículo a partir de uma nova perspectiva pode ajudar a identificar problemas anteriormente despercebidos.

Dica: este método também pode ser útil se você quiser desacelerar e ver realmente cada palavra. É mais difícil ler o texto fora de ordem, então você naturalmente levará mais tempo para entender o que está revisando.

11. Verifique se há problemas de formatação.

Fontes com formato ruim ou muito pequenas, margens inadequadas, espaçamento insuficiente e outros problemas de design e formatação podem fazer com que o mais bem-escrito dos currículos pareça feio. Use um modelo de currículo com design profissional para evitar problemas de formatação e preste atenção não apenas à aparência do documento, mas também à leitura dele.

Dica: pegue a impressão e fixe-a na parede. Olhe para ela de diferentes distâncias e ângulos. Um currículo com aparência profissional seduzirá os recrutadores para que se aprofundem.

12. Encontre um editor para revisar seu currículo.

Deixamos a dica mais importante por último para que você não a esqueça. A menos que você seja um revisor extremamente tarimbado, é provável que não consiga identificar certos problemas de redação, não importa quantas vezes releia o material. Encontre um par de olhos independente para revisar seu currículo — de preferência um editor experiente, um professor de português ou algum outro profissional especializado em escrita.

Dica: não peça a colegas nem ao seu chefe, caso não saibam que você está procurando se recolocar!

Dica do especialista

Como pedir a um recrutador para analisar seu currículo? 

Uma opção que ainda não mencionamos é a de pedir a um recrutador para examinar seu currículo. Os recrutadores têm interesse próprio na sua candidatura, pois receberão comissão se você for efetivado, de modo que muitos ficarão felizes em revisar seu currículo e sugerir alterações. O ideal é que eles não cobrem por isso, visto não ser parte habitual do serviço deles, então peça com jeitinho.

Qual é o momento certo para revisar o currículo?

Na verdade, vale a pena ter várias sessões de revisão à medida que você avançar.

Isso garante que você tenha uma atitude proativa em relação à exatidão da linguagem, e também pode ser que as etapas acima ajudem a deixar seu conteúdo um pouco mais atrativo. Se você fizer a revisão no último minuto, sentirá pressão para enviá-lo e talvez não queira perder tempo alterando o conteúdo, então intercale a redação do currículo com seções de revisão.

A reflexão é essencial numa busca de emprego, de modo que conferir a linguagem também ajudará você a checar o raciocínio por trás dela. E isso é sempre positivo na preparação para contar suas histórias durante a entrevista.

Principais conclusões

  1. Você deve revisar o currículo? Sim! Deve revisá-lo mais de uma vez? Sim!
  2. Revisar o currículo leva tempo. Não tenha pressa.
  3. Nenhum método detectará todos os erros, portanto, escolha pelo menos três das opções acima.
  4. Chame outro par de olhos. Escolha alguém que conheça você e um nerd de gramática.
  5. A primeira impressão pode ser a única que você terá, então apresente-se da melhor maneira possível revisando completamente seu currículo!
Crie seu currículo em 15 minutos
Crie seu currículo em 15 minutos
Use modelos de currículo profissionais testados em campo que sigam exatamente as “regras de currículo” que os empregadores procuram.
Criar meu currículo
Crie seu currículo em 15 minutos
Crie seu currículo em 15 minutos
Use modelos de currículo profissionais testados em campo que sigam exatamente as “regras de currículo” que os empregadores procuram.
Criar meu currículo
Compartilhar este artigo
Continuar lendo
Carreira37 min. de leitura
Como escrever sua carta de demissão (+ exemplos gratuitos)
Como escrever sua carta de demissão (+ 5 exemplos gratuitos)
Entrevista de emprego9 min. de leitura
O que são competências interpessoais: definição + principais exemplos
O que são competências interpessoais: definição + principais exemplos
Carta de apresentação14 min. de leitura
Como formatar uma carta de apresentação em 2023: exemplos e dicas
Como formatar uma carta de apresentação em 2023: exemplos e dicas
Ajuda para currículos8 min. de leitura
Qual é a melhor fonte para usar em um currículo?
What is the best font to use in a resume?
Navegar por tudo
Este site usa cookies para melhorar a experiência do usuário e realizar análises e marketing. Ao usar nosso site, você concorda com todos os cookies de acordo com nossa Política de cookies e Política de Privacidade.
Aceitar cookies