1. Blog
  2. Carta de apresentação
  3. Carta de candidatura versus carta de apresentação: prós e contras, dicas para cenários de candidatura a emprego
Escrito por Paul DruryPaul Drury

Carta de candidatura versus carta de apresentação: prós e contras, dicas para cenários de candidatura a emprego

19 min. de leitura
Carta de candidatura versus carta de apresentação: prós e contras, dicas para cenários de candidatura a emprego
Arte de:Katya Vakulenko
Imagine que você é um candidato a emprego sentado em seu computador prestes a escrever uma longa carta. Esta carta é sua oportunidade única de se vender a um gerente de contratação para seu próximo emprego. Já está suando frio?

Carta de candidatura? Não é uma carta de apresentação com o dobro do comprimento? O que você diz sobre isso? Algumas pessoas a usam para substituir um currículo e uma carta de apresentação? Por que diabos você iria querer fazer isso?

Os jargões usados na procura de emprego podem ser difíceis, especialmente quando palavras diferentes significam coisas diferentes em várias partes do mundo. Então, vamos dar uma olhada nas diferenças e semelhanças gerais entre uma carta de candidatura e uma carta de apresentação.

Neste artigo, vamos explorar:

  • O que é uma carta de candidatura?
  • Três situações em que você pode optar por escrever uma carta de candidatura
  • Qual é a diferença entre uma carta de candidatura e uma carta de apresentação?
  • Qual é o objetivo de uma carta de candidatura?
  • Um exemplo de carta de candidatura
  • O formato e a estrutura de uma carta de candidatura de emprego
  • Como escrever uma carta de candidatura?

O que é uma carta de candidatura?

Uma “carta de candidatura” é usada em circunstâncias muito limitadas em uma busca de emprego como substituto de um currículo e uma carta de apresentação. 

Essas duas páginas devem abranger os altos e baixos de sua carreira, bem como descrever por que você seria uma ótima contratação para um empregador em potencial. Que tarefa difícil!

Muitas pessoas em recursos humanos veem isso como uma heresia de recrutamento; mas ouça-nos. O formato específico de uma candidatura de emprego, apesar de sua natureza pesada, tem uma razão de existir. A carta de candidatura de emprego é muito rara, mas certas pessoas optam por usá-la.

Nota do recrutador

Deve-se notar que o termo “carta de candidatura” é frequentemente usado para descrever a carta de apresentação tradicional. Em outras palavras, às vezes os dois termos significam exatamente a mesma coisa. Da mesma forma, as palavras “CV” e “currículo” às vezes (mas nem sempre) se referem à mesma coisa, a única diferença é que o termo “CV” é muito mais popular fora da América do Norte. Uma carta de apresentação pode ser chamada de carta de candidatura simplesmente porque é assim que é chamada naquela parte do mundo.

Este artigo trata das cartas de candidatura como documentos separados com seu próprio conjunto específico de objetivos.

Um currículo é um documento estritamente formatado e baseado em fatos, enquanto uma carta de apresentação adiciona um toque pessoal ao processo de candidatura. Mas com uma única carta de candidatura de emprego que serve para os dois propósitos, por onde você começa a impressionar o recrutador?

Existe uma ocasião em cem em que um candidato a emprego pode escolher essa opção? Isso pode fazer a diferença para você um dia? 

A propósito, há um vídeo divertido de 7,5 minutos sobre cartas de apresentação versus cartas de candidatura em https://www.youtube.com/watch?v=p7i8I5wFYuk (em inglês). Ele oferece os mesmos conselhos que nós, embora com um encantador sotaque africano.

Quando usar uma carta de candidatura

Antes de explorarmos todas as razões pelas quais uma combinação de currículo + carta de apresentação geralmente é melhor para candidatos a emprego do que uma única carta de candidatura, ao examinarmos a sabedoria do recrutamento on-line, vemos que são destacadas algumas ocasiões em que uma carta de candidatura de emprego pode ser uma escolha válida. Então, quais são os três tipos de carta de candidatura?

Nota do recrutador

Devemos enfatizar que em 99% dos casos, este conselho e o seguinte exemplo de carta de candidatura definitivamente não é a norma, mas se você já tentou de tudo em sua caixa de ferramentas de busca de emprego, pode valer a pena tentar.

1) Carta de candidatura quando não há vaga de emprego

Quando as vagas estão escassas no mercado de trabalho, os potenciais gerentes de contratação e recrutadores não estarão com tempo para considerar as candidaturas de emprego, especialmente se não houver anúncio de emprego. 

Se o candidato a um emprego tiver uma história genuinamente atraente para contar, pode decidir enviar seu discurso de vendas em forma de carta de candidatura (como um anexo em um e-mail ou em um fórum como o LinkedIn), porque sabe que o destinatário da mensagem não gastará tempo vasculhando seu currículo formal em busca dos detalhes relevantes. Nosso exemplo de carta de candidatura no final deste capítulo oferece uma amostra de como ela pode ser redigida. 

Dica do especialista

Outro tipo de carta enviada quando nenhuma posição aberta tiver sido anunciada é chamada de carta de interesse, carta de intenção ou declaração de interesse. Uma carta de interesse é muito semelhante a uma carta de apresentação, mas é escrita quando nenhuma posição aberta tiver sido anunciada. O conselho usual para uma carta de interesse é mantê-la em uma página e incluir um currículo. Isso é diferente da chamada carta de candidatura, que geralmente tem duas páginas e é enviada sem currículo.  

Por exemplo, se você ensina inglês como segunda língua (ESL) e mora na Espanha, pode ter conhecimento de uma escola que ensina ESL. Mesmo que ela não esteja anunciando nenhum emprego para novos professores, seu desejo é que a escola saiba que você teria interesse em trabalhar lá e que tem as competências para fazê-lo. Nesse caso, você pode enviar uma carta de interesse e um currículo. Para obter mais informações, consulte nosso blog sobre “Carta de interesse versus carta de apresentação”.

As cartas de candidatura de emprego nunca corresponderão à abrangência e à precisão factual de um currículo, mas um pequeno número de candidatos decide usá-las como uma tática para entrar em contato.

2) Carta de candidatura de emprego para programas acadêmicos

Quando há o requisito para descrever a profundidade da experiência acadêmica, uma carta mais longa às vezes é empregada em círculos acadêmicos em vez de um currículo. 

Novamente, isso é uma ocorrência rara, mas para um acadêmico que está procurando se conectar com um gerente de contratação com a mesma opinião (fora dos limites da supervisão de RH), uma carta de candidatura oferece a oportunidade de expressar por que ele seria adequado para esse novo emprego.

Dica do especialista

Muitos acadêmicos esperariam um currículo acadêmico com muitas informações sobre trabalhos de pesquisa e qualificações anteriores, mas para áreas de especialização que exigem uma explicação mais aprofundada, uma carta de candidatura pode ter um formato útil.

3) Carta de candidatura mais longa para estágios

Vale muito a pena para um estagiário estudar o exemplo de carta de candidatura a seguir com um pouco mais de interesse. 

Quando se é estagiário, ainda não há muitas experiências para serem elencadas em um currículo de duas páginas, mas um currículo de uma página pode não ter espaço suficiente para descrever a paixão que ele tem pela função desejada. Como as mídias sociais aproximam os estagiários de futuros chefes em potencial, uma carta de candidatura de emprego menos formal pode fazer o trabalho de uma carta de apresentação e um currículo.

Dica do especialista

Se a candidatura progredir para uma base mais formal, o estagiário ainda precisará de um currículo para um recrutador interno, mas uma carta inicial mais longa pode fazer a diferença. 

Exemplo de carta de candidatura

Conheça a Larissa. Ela está escrevendo uma carta de candidatura especulativa para conseguir um emprego em uma nova loja de varejo que está sendo inaugurada. Ela não sabe quando haverá alguma contratação, então, este exemplo de carta de candidatura é sua única e melhor chance de entrar no radar da loja desde o início. É improvável que alguém leia uma carta de apresentação e o currículo dela em tal estágio. 

Tivemos que nos aprofundar em vários casos profissionais para encontrar o melhor exemplo, mas com nosso desejo de fornecer o conjunto mais abrangente de recursos para candidatos a emprego, sentimos que valia a pena compartilhar um exemplo de carta de candidatura de emprego.  

O exemplo de carta de candidatura de emprego a seguir é uma boa tentativa de como essa carta deve ser, mas rapidamente se tornará óbvio que o formato está longe de ser o ideal. É preciso ter uma história muito boa para manter um gerente de contratação lendo além do segundo parágrafo. 

Se você começar a entender que este formato não é o apropriado, pode ser muito mais produtivo consultar nossos modelos de carta de apresentação, guia de redação e exemplos de cartas específicas para profissões.

Dito tudo isso, aqui está um exemplo de carta de carta de candidatura:

Formato e estrutura da carta de candidatura de emprego

O formato de uma carta de candidatura é difícil de definir. Embora tenhamos criado guias de aconselhamento para todos os tipos de cartas de apresentação, a natureza inchada do formato da carta de candidatura significa que quase tudo vale.

No entanto, gostaríamos de comparar e contrastar a estrutura dos dois formatos.

Saudação

Depois de iniciar o cabeçalho da carta com suas informações de contato, a seção de saudação precisa ser endereçada à pessoa correta para começar com uma conexão pessoal. Todo mundo gosta de ser chamado pelo nome. 

Além disso, certifique-se de usar a forma correta de endereço. “Prezado(a) Sr./Sra. Nome e Sobrenome” é a opção mais segura para começar a carta com firmeza. "A quem possa interessar" nunca é aceitável, mas se você não conseguir descobrir o nome do gerente de contratação, poderá optar por uma saudação mais genérica como “Prezada equipe de contratação XYZ”. Este conselho se aplica a cartas de apresentação e a carta de candidatura.

Introdução

A introdução de uma carta de apresentação deve ser um breve parágrafo de abertura para chamar a atenção e focar em um aspecto de destaque da experiência do candidato. É a única frase que você deseja que permaneça na mente do gerente de contratação pelo resto do processo de recrutamento.

A introdução para o formato de carta de candidatura tem que ter algo a mais. Como não existe um currículo factual a que recorrer, a apresentação da carta de candidatura deve ser mais orientada para a prática, não deixando dúvidas ao leitor quanto à idoneidade do candidato.

Enquanto o gerente de contratação tem a opção de encontrar o valor de um candidato nos detalhes do currículo quando for o caso, os candidatos precisam fazer um trabalho de adivinhação para descobrir exatamente o que destacar na introdução da carta de candidatura. É uma tarefa muito difícil, com muita facilidade de errar o alvo.

Corpo

O corpo da carta de apresentação perfeita deve conter alguns breves insights sobre as qualidades pessoais e realizações profissionais do candidato, descrevendo por que ele é adequado para a função e apoiando tudo isso com números quantificáveis. É eminentemente possível criar uma impressão duradoura no espaço de dois ou três parágrafos. Em termos de habilidades de comunicação, a brevidade é a alma da sagacidade.

Por outro lado, é difícil saber por onde começar ao sugerir como estruturar o corpo de uma carta de candidatura.

Em primeiro lugar, o formato da candidatura de emprego deve, idealmente, manter a cronologia de um currículo. Não é interessante que o leitor salte para frente e para trás na linha do tempo de sua carreira à medida que lê, além disso, você deve incluir datas de emprego sempre que possível. 

Elementos de personalidade e adequação à cultura também podem ser espalhados por toda a escrita. Destaque suas características mais relevantes, com os exemplos mais recentes no início da carta.

Nota do recrutador

Depois de algumas seções sobre experiência profissional, a carta de candidatura de emprego oferece uma oportunidade de expandir mais detalhadamente como você entende a função e por que acha que seria o candidato ideal. 

Antecipe as perguntas da entrevista e mostre que você é a pessoa certa para o trabalho. Isso é algo que nem sempre é possível em um currículo ou uma carta de apresentação e, portanto, é ideal para um texto persuasivo que pode ser de natureza especulativa. Entre em detalhes significativos sobre como exatamente você se vê contribuindo para a empresa.

Conclusão

Para uma carta de apresentação, a conclusão é uma chamada à ação de um parágrafo, destinada a persuadir o empregador a convidar você para uma entrevista. É a cereja no topo do seu pedido de emprego. 

O tamanho do formato da carta de candidatura significa que um parágrafo de fechamento tão conciso pode parecer um pouco apologético. Nesse caso, vale lembrar ao potencial empregador os principais aspectos de sua candidatura. Ele pode ficar um pouco perdido em uma carta tão longa, e a repetição pode ser um dispositivo eficaz (se você estiver repetindo as coisas certas, claro).

Dica do especialista

Uma carta de candidatura é o mesmo que uma carta de apresentação? 

O padrão da indústria de uma carta de apresentação com toques de personalidade destina-se a complementar a formalidade factual de um currículo. Como tal, a carta de apresentação é frequentemente usada como um iniciador de conversa convincente que pode atrair um gerente de contratação a ler o currículo com um pouco mais de profundidade. 

As cartas de apresentação sugerem os tópicos da carreira de um candidato que valem a pena ser explorados durante o processo de entrevista. 

As cartas de candidatura, por outro lado, precisam comunicar tanto a experiência factual quanto um senso de personalidade. Em termos de comparação e contraste entre uma carta de apresentação e uma carta de candidatura, as abordagens básicas são semelhantes, mas o formato da carta de candidatura é mais complicado.

Dicas para escrever uma ótima carta de candidatura para uma vaga de emprego 

Se você estiver determinado a escrever uma carta de candidatura, ou se alguém lhe pediu para colocar o que pensa sobre sua adequação para a função em um e-mail (por exemplo), aqui estão cinco sugestões para aproveitar ao máximo o formato imperfeito: 

Transmitir fatos do currículo em forma de carta. 

Mencionar os fatos do seu currículo com a narrativa mais ampla de uma carta de candidatura de emprego é crucial para transmitir sua experiência profissional. 

É muito mais fácil escolher detalhes factuais em um currículo, mas eles correm o risco de ficarem um pouco perdidos nas profundezas de uma carta de candidatura. Porém, se você colocar os fatos mais importantes no início dos parágrafos, é mais provável que os gerentes de contratação percebam.

Destaque suas conquistas ao lado da personalidade e do contexto.

Como uma carta de candidatura é uma mistura de fatos e personalidade, você pode combinar suas realizações factuais com adjetivos descritivos e mais contextualização do em um currículo.

Muito se discute sobre como contar histórias no processo de recrutamento e, se você conseguir mesclar esses fatores, sua história tem chances de ser finalizada. No entanto, uma história contada em duas páginas de texto sólido é muito difícil de ser absorvida.

Sinalize cada parte da carta. 

Um currículo tem seções distintas para cada parte de sua experiência, e uma carta de apresentação geralmente tem um formato definido para adicionar detalhes extras. Portanto, é essencial que os candidatos a emprego sinalizem o conteúdo de cada parágrafo na primeira frase de uma carta de candidatura. 

Algumas pessoas podem decidir usar minitítulos, mas isso geralmente parece muito simplista e pode interromper o fluxo da história.

Use frases mais curtas e minimize a linguagem descritiva. 

Duas páginas podem parecer muito para uma carta de candidatura, mas quando você considera que ela deve ser escrita em frases completas e com um português aceitável, de repente a simplicidade e a brevidade das listas de competências em um currículo (por exemplo) parecem muito atraentes. 

Mantenha suas frases tão curtas e impactantes quanto possível. Caso contrário, você pode não ter espaço suficiente para algumas de suas conquistas e experiências.

Certifique-se de que a carta de candidatura contém muitos detalhes factuais.

Embora o objetivo de uma carta de apresentação seja contar uma história mais emocionalmente atraente porque o currículo abrange as bases factuais, as limitações do formato da carta de candidatura de emprego significam que ela deve conter o máximo de detalhes factuais possível. 

Dispositivos como listas com marcadores são uma ótima maneira de transmitir realizações com muitos fatos. Simplifique e não enrole!

Mas e se eu decidir escrever uma carta de apresentação afinal?

Recentemente, compartilhamos mais de 9.000 palavras de conselhos de carreira em nosso blog sobre como escrever cartas de apresentação, e muitas das sugestões dadas lá também serão relevantes para escrever uma carta de candidatura, caso você opte por fazê-lo. 

Faça sua pesquisa sobre o empregador, escolha o tom certo para a carta e mergulhe na cultura para imaginar que tipo de funcionário ela está procurando. 

As melhores cartas de apresentação são uma forma maravilhosa para complementar um currículo, mas o impacto que ela causa é muitas vezes esquecido. Uma carta de apresentação perfeitamente direcionada pode realmente fazer a diferença entre uma primeira entrevista para o emprego dos sonhos e outra rejeição. Temos uma ampla variedade de guias e exemplos de cartas de apresentação para várias profissões que dão vida à realidade da carta. 

Se você comparar os exemplos de carta de apresentação com o exemplo de carta de candidatura, verá por que a maioria dos empregadores prefere a carta de apresentação mais um currículo para criar a primeira impressão ideal.

Dica do especialista

 No final das contas, você deve escolher o que melhor se adapta à sua realidade. Se a situação exigir um documento mais livre e não tradicional, como a carta de candidatura, vá em frente!

Mas se você decidir ficar com a combinação testada e comprovada aceita por recrutadores em todo o mundo, confira nossas ferramentas de currículo on-line para currículos e cartas de apresentação (completas com frases pré-geradas, um verificador gramatical e muito mais).  

Economize seu tempo, evite o estresse e a incerteza. Não há razão para não capacitar sua busca de emprego com soluções convenientes!

Crie seu currículo em 15 minutos
Crie seu currículo em 15 minutos
Use modelos de currículo profissionais testados em campo que sigam exatamente as “regras de currículo” que os empregadores procuram.
Criar meu currículo
Compartilhar este artigo
Continuar lendo
Carreira15 min. de leitura
O que é FGTS, quem tem direito e quem paga por ele?
O que é FGTS, quem tem direito e quem paga por ele?
Ajuda para currículos13 min. de leitura
Como fazer currículo em PDF e ser chamado para a entrevista?
Como fazer currículo em PDF e ser chamado para a entrevista?
Ajuda para currículos10 min. de leitura
10 Habilidades de liderança para incluir no currículo + exemplos
10 Habilidades de liderança para incluir no currículo + exemplos
Carta de apresentação16 min. de leitura
Como encerrar uma carta de apresentação (melhores exemplos de parágrafo de fechamento)
Como encerrar uma carta de apresentação (melhores exemplos de parágrafo de fechamento)
Navegar por tudo
Este site usa cookies para melhorar a experiência do usuário e realizar análises e marketing. Ao usar nosso site, você concorda com todos os cookies de acordo com nossa Política de cookies e Política de Privacidade.
Aceitar cookies