1. Blog
  2. Carta de apresentação
  3. Como escrever ou solicitar uma carta de recomendação
Escrito por Paul DruryPaul Drury

Como escrever ou solicitar uma carta de recomendação

7 min. de leitura
Como escrever ou solicitar uma carta de recomendação
Arte de:Evgeniya Skubina
As perspectivas de busca de emprego podem melhorar muito quando você traz uma perspectiva externa, dando credibilidade sobre você, em uma carta de recomendação.

Existem certas situações em que uma carta de recomendação pode ser exigida para a realização de uma candidatura à vaga de emprego. É claro que essa não é uma etapa padrão de todos os processos seletivos, no entanto, quando solicitada, ou se as circunstâncias exigirem que você agregue valor a sua candidatura por meio dela, há vários cuidados que você deve ter ao escrevê-las ou solicitá-las.

Neste artigo você verá os seguintes tópicos:

  • O que é uma carta de recomendação?
  • Quem precisa de uma carta de recomendação?
  • Como solicitar uma carta de recomendação?
  • Qual é o formato de uma carta de recomendação?
  • 5 características de uma carta de recomendação vencedora
  • Dicas para escrever uma carta de recomendação

O que é uma carta de recomendação?

A carta de recomendação é uma ferramenta influente em muitas situações de busca por emprego. Afinal, nós sempre temos o nosso viés pessoal quando estamos descrevendo nossas realizações no currículo, mas quando a perspectiva sobre o nosso trabalho vem de um colega ou chefe anterior, é possível alcançar um nível totalmente novo de credibilidade. Logo, compartilhar cartas de recomendação introduz elementos essenciais de prova social ao processo de entrevista.

Uma carta de recomendação valida o seu trabalho, suas habilidades ou conquistas educacionais. Ela corrobora as alegações feitas em seu currículo e durante suas entrevistas, reforçando que você é um profissional confiável e consolidando as outras informações que você compartilhou com o recrutador. A lógica por trás dessa etapa funciona assim: se você comprova uma conquista por meio da percepção de outras pessoas, seus outros êxitos parecem mais plausíveis.

Quem precisa de uma carta de recomendação?

1. Candidatando-se a uma vaga acadêmica em escola, universidade, pós-graduação ou uma bolsa de estudos

É uma prática comum para grandes faculdades, universidades e programas de pós-graduação pedirem pelo menos duas cartas de recomendação. Isso acontece em parte porque os estudantes não possuem muitas experiências de trabalho para demonstrar seu caráter, mas também demonstra o poder que uma carta de recomendação tem como ferramenta que confirma todo o seu potencial. Os responsáveis pela admissão precisam de um complemento para a apresentação do estudante, e a carta de recomendação cumpre esse papel.

2. Certas profissões usam como complemento ao currículo e à carta de apresentação

Certas profissões, como medicina ou vagas para institutos de pesquisa, tradicionalmente, incluem cartas de recomendação como parte de seu processo seletivo. Quando um cargo envolve interações com outras pessoas, com grande potencial de transformação (de maneiras positivas e negativas), essa verificação externa possibilita decisões de contratação mais racionais.

3. Falta de experiência ou mudança de carreira

Seja por falta de experiência ou porque está buscando mudar de carreira para uma nova função ou setor, um candidato com um modelo de currículo mais fraco certamente vai se beneficiar de uma carta de recomendação que apoie a sua apresentação para o novo emprego. Uma referência de caráter de um colega anterior ou amigo pode fazer toda a diferença. Se houver um contato com um profissional que já atua na nova carreira almejada, que possa testemunhar sua capacidade, melhor ainda.

Como pedir por cartas de recomendação

A natureza das cartas de recomendação está no fato de que elas vêm de um conhecido próximo ao candidato, dessa forma, normalmente a pessoa ficará feliz em ajudar. Há muitas coisas que um candidato pode considerar quando está se perguntando como pedir cartas de recomendação. Se você preparar o pedido com cuidado, o resultado será incrível.

  • Tente fazer o pedido durante uma conversa presencial em vez de usar um e-mail ou mensagem.
  • Inclua a descrição do cargo e explique a sua situação.
  • Compartilhe seu exemplo de currículo com quem fará a carta para a pessoa entender como você está se apresentando.
  • Informe o tipo de informação que é interessante incluir (e o que deve ser deixado de fora).
  • Considere compartilhar um modelo de carta de recomendação que possa orientar e moldar a carta.
  • Dê tempo suficiente para que a pessoa possa escrevê-la e inclua um prazo justo.

O mais importante de tudo é expressar a sua gratidão ao pedir suas cartas de recomendação. Lembre-se que a pessoa está te fazendo um favor, ela não precisa escrever nada, mas entendendo o quanto significa para você, ela fará o melhor para criar algo incrível.

O formato da carta de recomendação

1. Introdução e declaração de recomendação

É importante que o redator da carta de recomendação inclua informações como o cargo que ocupa e, então, estabeleça a relação que tem com o candidato. Apresentar sua área de especialização é fundamental para conferir credibilidade à recomendação.

2. Visão geral e motivos para a recomendação

Uma ótima carta de recomendação vai direto ao ponto em relação às qualidades pessoais e conquistas que o redator acredita que fazem do candidato uma ótima escolha para o cargo ao qual ele está se candidatando. Uma lista em formato de tópicos pode fugir um pouco do formato tradicional, mas as razões para contratar o candidato devem ser declaradas claramente e sem margem para dúvidas.

3. História pessoal com evidências específicas e personalizadas

Contar uma história que mencione as forças específicas do candidato e faça a relação de como elas se aplicarão em seu futuro cargo é a maneira perfeita de influenciar um futuro gerente de contratação. Ofereça contexto e apresente evidências para respaldar as opiniões.

4. Declaração de encerramento da carta de recomendação

Estimular fortemente o gerente de contratação a considerar o candidato é a melhor (e mais lógica) maneira de encerrar uma carta de recomendação. Dê um último motivo para considerá-lo e termine a carta de forma positiva.

5 Características de cartas de recomendação vencedoras

Quando adicionamos um elemento extra à documentação de candidatura a uma vaga de emprego, como a carta de recomendação, é importante que ele contribua para o avanço do candidato no processo seletivo, e não o contrário. Se as cinco seguintes características estiverem presentes nas cartas de recomendação, suas chances de um resultado positivo serão ainda maiores:

1. A carta de recomendação deve vir de uma fonte confiável.
2. Ela precisa ser específica e direcionada para o cargo e empresa em questão.
3. A mensagem deve ser inegavelmente positiva.
4. Ela é escrita com um nível cuidadoso de detalhes.
5. A carta de recomendação tem que sugerir que o recrutador te contrate.

Crie seu currículo em 15 minutos
Crie seu currículo em 15 minutos
Use modelos de currículo profissionais testados em campo que sigam exatamente as “regras de currículo” que os empregadores procuram.
Criar meu currículo
Crie seu currículo em 15 minutos
Crie seu currículo em 15 minutos
Use modelos de currículo profissionais testados em campo que sigam exatamente as “regras de currículo” que os empregadores procuram.
Criar meu currículo
Compartilhar este artigo
Continuar lendo
Carta de apresentação19 min. de leitura
Como escrever uma carta de motivação
Como escrever uma carta de motivação
Ajuda para currículos12 min. de leitura
Pontos fortes nos currículos
Pontos fortes nos currículos
Ajuda para currículos13 min. de leitura
Como fazer currículo pelo celular [grátis e pago]? Guia definitivo
Como fazer currículo pelo celular [grátis e pago]? Guia definitivo
Ajuda para currículos5 min. de leitura
Habilidades de comunicação: como apresentá-las em seu currículo
 Habilidades de comunicação: como apresentá-las em seu currículo
Navegar por tudo
Este site usa cookies para melhorar a experiência do usuário e realizar análises e marketing. Ao usar nosso site, você concorda com todos os cookies de acordo com nossa Política de cookies e Política de Privacidade.
Aceitar cookies